Conheça meu novo blog:
Vosso blog de comida no portal Bem Paraná.

domingo, 23 de setembro de 2007

Estão chegando as flores


Já usei em saladas e acho que é a melhor maneira de aproveitá-las, pelo menos para quem não tem muita prática com o ingrediente. Hoje elas enfeitaram o haddock que eu fiz porque achei que o prato precisava de cor. Saborosas e bonitas, as flores comestíveis são usadas há décadas na Europa e na Ásia e agora começam a ficar popular por aqui, já ganharam até livro “Entre o Jardim e a Horta – As Flores que Vão Para a Mesa” de Gil Felippe. Mas cuidado, as flores comestíveis precisam ser orgânicas. Faça também: infusão para sorbets e sorvetes, ou em óleo para vinagrete, e geléias e compotas. Em Curitiba, você vai achá-las no box da Sidnéia e do Nelson (84, 85 e 86), que fica na entrada do estacionamento lateral do Mercado Municipal. Além das flores, eles têm outros itens de qualidade. Desculpem se decepcionei os leitores, torceram o nariz para o frango que eu pretendia fazer e acabei enveredando por outros caminhos.

3 comentários:

ricardo disse...

Jussara,você não decepcionou com a receita do frango,ela é muito boa.
Eu sugiro que voce faça um texto um pouco mais curto,não sei se é possível, em alguns casos talvez não,daí acho que uma seção separada para receitas longas e cheias de operações complexas poderia ser a saída.

jeanine disse...

Ju eu adorei a história do frango... super divertida a receita.

Jussara Voss disse...

Ricardo, textos mais curtos: vou tentar...
Receitas: estou pensando em criar um site para postar as receitas.
Jea, eu também adorei a história do frango, a Nina é ótima!