Conheça meu novo blog:
Vosso blog de comida no portal Bem Paraná.

terça-feira, 8 de abril de 2008

Caos

Sobrevivi ao dia caótico que foi hoje, sabe quando tudo dá errado? Comecei acordando tarde e atrasada enfrentei o primeiro trabalho do dia com problemas de conexão e na rede, conclusão: estresse; trabalho perdido, estresse; exame médico demorado e almoço (quase perdido), estresse; cadastro no banco para acesso eletrônico (mais de 40 minutos entre comandos inúteis), estresse… Ainda bem que a noite terminou bem, apesar de não ter aceito o convite para conhecer o novo cardápio do restaurante Petit Chateau em Santa Felicidade, não checar os coquetéis dos lounges do Crystal Fashion, não conhecer o novo Amuse Bouche Gastronomia e não degustar os vinhos que os argentinos estavam apresentando. Para compensar, antes das 19h estava no restaurante Nakaba saboreando tranqüilamente um jantar-degustação. Essa é minha dica de hoje. Quando digo que o Nakaba é um dos melhores japoneses da cidade, entenda: é porque sentamos junto ao balcão e pedimos ao Alberto ou ao Josmar as “especialidades do dia”. Hoje, vieira e hokikai diretamente do Japão; enguia; barbatana de tubarão; atum com cará e shoga; atum branco; tainha; salmão; dourado; polvo; lula e shishamo assado – um peixinho japonês delicioso com muita ova (na foto). Vou dormir feliz acreditando que amanhã será um novo e melhor dia!

7 comentários:

Kalar disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Jussara Voss disse...

Ameaça...

mario disse...

Ok!Vou voltar lá e sentar no balcão.Se vc. falou, tá falado

Jussara Voss disse...

Diga para eles que você é nosso amigo.
p.s. não tem vinho, mas às vezes tem champagne, que combina muito bem, ou então o tradicional saquê, que eu já aprendi a gostar (mas o importado...)

Jussara Voss disse...

A mensagem acima foi excluída porque achei o site supersuspeito...

ricardo disse...

Com certeza o Nakaba é muito bom.O Alberto e o Josmar são excelentes.
Me agrada principalmente a não adesão a ser o "japa da moda",tem de ter um lugar para a gente ficar livre de determinadas pragas do"design" moderninho.

Jussara Voss disse...

Concordo! Concordo!